Visão, Principios, Missão e Valores da FPAS

VISÃO
 – Reconhecer a Língua Gestual Portuguesa como língua oficial do país;
- Assegurar e contribuir para os direitos e deveres das pessoas Surdas e a sua qualidade de vida;
– Promover, defender, e realizar ações para o desenvolvimento das Associações de Surdos.
PRINCÍPIOS
 Necessitam:
- Reconhecimento da LGP como língua oficial do país;
– Adesão dos princípios e mandatos proclamados nas Declarações Universais, Convenções Internacionais, nomeadamente,       Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, Carta Europeia, Constituição da República     Portuguesa, legislação e os protocolos de várias entidades públicas e privadas;
– Alargamento da participação das pessoas Surdas e delegados das Associações de Surdos no contributo para a plena cidadania,    bem como acesso pleno e efetivo das pessoas Surdas aos serviços públicos e privados.

MISSÃO

–  Promover, defender, realizar e apoiar ações que contribuam para o desenvolvimento das associações de Surdos e da     Comunidade Surda, para assegurar e efetivar a plena cidadania e igualdade de oportunidades, e para suprimir as barreiras que impedem o exercício dos seus direitos e deveres.

 VALORES

Serão:

- Proximidade associativa de Surdos para alargar a voz do associativismo Surdo;
– Sensibilização para as pessoas em geral sobre a problemática da Comunidade Surda e os seus objetivos;
- Parceria e cooperação das entidades para tomar medidas no plano da qualidade de vida das pessoas Surdas;
– Acessibilidade, nomeadamente, tecnologias de comunicação em Língua Gestual Portuguesa.