WFD

Implementada em 1951, a WFD é uma organização internacional, não-governamental, central composta por Associações Nacionais de Surdos a nível mundial.

Tendo a representação dos interesses dos Surdos a nível Mundial, a filosofia daWFD é a luta pela IgualdadeDireitos Humanos e Respeito por TODAS as pessoas, independentemente de raçanacionalidadereligiãogênero,preferência sexualidade e todas as outras diferenças. A WFD apoia e promove trabalho de acordo com muitas convenções das Nações Unidas sobre Direitos Humanos, tendo principal enfoque em Pessoas Surdas que usam a Língua Gestualassim como familiares e amigos. A WFD trabalha com o objectivo de Solidariedade eUnião para fazer do mundo um lugar melhor.

Actualmente, a ênfase da WFD é colocada nas seguintes áreas:

– Melhorar o estatuto das línguas gestuais em cada país;
– Promover uma melhor Educação para os Surdos;
– Melhorar o acesso à Informação e aos Serviços;
– Instituir Direitos Humanos das Pessoas Surdas nos Países em Desenvolvimento;
– Promover a criação de Organizações de Surdos onde actualmente não existem;

 

Todas as decisões deliberadas na WFD, são do voto dos Membros Ordinários em Assembleia Geral, realizada de quatro em quatro anos e, na qual participam, no máximo, dois delegados de cada Associação Nacional de Surdos, realizada.

Além disso, filiada a si, a WFD tem uma organização juvenil, WFDYS, que desde a criação da Federação Mundial de Surdos em 1951, era presença activa de umaComunidade de Jovens Surdos no Congressos Mundiais, mas não havia nada de oficial até 1987. A WFDYS preza-se pelos objectivos de se construirem  os Direitos dos Jovens Surdos no Mundo. É voto da WFDYS construir um futuro promissor, accessível para os Jovens Surdos a nível social e comunitário.

FPAS, como instituição máxima de Portugal, não poderia deixar de pertencer a esta organização mundial sendo que, sempre que possível, participa nos eventos por ela promovidos, mantendo a estreita colaboração e dando voto de confiança e progressão.

Juntos, FPAS e WFD, lutam em prol da Comunidade Surda.