DIA NCIONAL DE LGP 2018 -SITE

INFOFPAS – Dia nacional de LGP

Ver mais »

Site - Acessibilidade dos Conteudos Televisivos por parte da Comunidade Surda

INFOFPAS – Acessibilidade dos Conteúdos Televisivos por parte da Comunidade Surda

Assunto: Acessibilidade dos Conteúdos Televisivos por parte da Comunidade Surda Resumo de Vídeo: Como já sabemos, temos lutado há vários anos pelas condições de acessibilidade nos programas televisivos através da interpretação e Ver mais »

Peticao 31102018 Site I

INFOFPAS – 31-10-2018 Entrega de Petição Pela contratação de intérpretes de língua gestual portuguesa no SNS

Ver mais »

FPAS 25 ANos e Bolo Site V1

INFOFPAS – Informação de 25 Aniversário da FPAS e Almoço

www.restaurantelisboa.pt INSCRIÇÃO PARA ALMOÇO EMENTA ENTRADAS Pastéis de Bacalhau |Rissóis de Carne | Rissóis de Camarão | Croquetes de Carne SALADAS E OUTROS Salada de Orelha| Salada de Polvo | Salada de Ver mais »

Eleicoes da FPAS 2019_2022 Site

INFOFPAS – Eleições da FPAS 2019-2022

REGULAMENTO_ELEITORAL ELEIÇÕES-2018_CALENDÁRIO PROCESSO_ELEITORAL_E DOCUMENTAÇÃO FPAS - CORPOS SOCIAIS (2019-2022) - LISTA ÚNICA Ver mais »

Convocatoria I

INFOFPAS – Convocatória de Assembleia Geral Ordinária da FPAS -10/11/2018

Convocação de Assembleia Geral Ordinária Ver mais »




INFOFPAS – Dia nacional de LGP

INFOFPAS – Acessibilidade dos Conteúdos Televisivos por parte da Comunidade Surda

Assunto: Acessibilidade dos Conteúdos Televisivos por parte da Comunidade Surda

Resumo de Vídeo:

Como já sabemos, temos lutado há vários anos pelas condições de acessibilidade nos programas televisivos através da interpretação e da legendagem. Neste seguimento, a FPAS criou uma petição sobre este tema que, depois de ter reunido as assinaturas necessárias, foi entregue na Assembleia da República. De seguida, reuniu-se com as comissões parlamentares, tendo depois sido aprovada a Resolução da Assembleia da República n.º 111/2018 – “Recomenda ao Governo a constituição de um grupo de trabalho para calendarizar medidas tendentes à total acessibilidade dos conteúdos televisivos por parte da comunidade surda”
(https://dre.pt/application/conteudo/115124394)

Foi decidido que esta resolução seria levada a cabo pela Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência (SEIPD), cabendo-lhe a gestão da criação deste grupo de trabalho. Esta resolução definia o prazo de 180 dias para se apresentar “as medidas necessárias e uma proposta de calendarização tendo em vista a total acessibilidade dos conteúdos televisivos para a comunidade surda” (este prazo foi ultrapassado, devido ao volume de trabalho da SEIPD).

Ontem (13/11/2018), realizou-se uma reunião da Comissão de Políticas de Inclusão das Pessoas com Deficiência (Decreto-Lei n.º 48/2017 de 22 de maio – https://dre.pt/application/conteudo/107047290), na qual a FPAS está representada. Um dos pontos da ordem de trabalhos da reunião de ontem foi “constituição do Grupo de Trabalho relativo à acessibilidade à televisão para pessoas com deficiência” e, neste sentido, a SEIPD enviou um pedido de contributo para todos os representantes da CPIPD antes da reunião. A FPAS demonstrou a sua preocupação, porque a resolução era sobre a acessibilidade dos conteúdos televisivos por parte da comunidade surda, mas, entretanto, isto foi alargado para a acessibilidade das pessoas com deficiência.

Assim, ontem na reunião, Pedro Costa (presidente da FPAS) voltou a reforçar a história da luta pela acessibilidade das Pessoas Surdas aos conteúdos televisivos e que foi isso que originou a petição e a consequente resolução da Assembleia da República. Esta resolução fala especificamente sobre a acessibilidade dos conteúdos televisivos por parte da comunidade surda e, como tal, não podemos aceitar que se eliminem as nossas ideias ou propostas com outros temas. Sobre este assunto, a SEIPD informou que as propostas sobre a acessibilidade da comunidade surda têm sempre prioridade porque foi o motivo pelo qual o grupo de trabalho foi criado. Mas a ideia será incluir também outros grupos da deficiência neste trabalho conjunto para articular mais facilmente sobre formatos/tecnologias acessíveis apropriados aos diferentes tipos de deficiência com os canais/empresas televisivas. É importante promover a acessibilidade e a inclusão em todas as áreas articulando em conjunto, mas as propostas sobre a acessibilidade da comunidade surda têm prioridade. Isto foi aprovado pelos presentes e será enviado para a Assembleia da República.

Esperamos então que as nossas ideias/propostas possam ser concretizadas, em prol da acessibilidade das Pessoas Surdas. Vamos dando informações sobre os desenvolvimentos deste tema.

INFOFPAS – 31-10-2018 Entrega de Petição Pela contratação de intérpretes de língua gestual portuguesa no SNS

INFOFPAS – Informação de 25 Aniversário da FPAS e Almoço


www.restaurantelisboa.pt

INSCRIÇÃO PARA ALMOÇO

EMENTA
ENTRADAS
Pastéis de Bacalhau |Rissóis de Carne | Rissóis de Camarão | Croquetes de Carne
SALADAS E OUTROS
Salada de Orelha| Salada de Polvo | Salada de Grão | Salada de Feijão Frade | Alface | 
Cenoura Ralada | Tomate | Etc.
Queijos fatiados | Presunto fatiado
Doces da Casa
Pão e Tostas
SOPAS
Sopa da Pedra
Sopa de Legumes
2 PRATOS DE PEIXE
Exemplos:
Bacalhau à Narcisa | Caldeirada de Peixe | Bacalhau com natas | Filetes Fritos | 
Arroz do Mar | Raia Frita com Migas | Rolinhos de Pescada com molho de camarão | 
Solha Frita com Açorda | Pota à Lagareiro
4 PRATOS DE CARNE
Grelhada Mista
Exemplos:
Lombo de Porco assado no forno | Arroz de Pato | Borrego no forno | Feijoada | 
Strogonoff | Queixadas no forno | Rancho | Vitela estufada | Mão de Vaca com Grão | 
Caril de Frango | Carne Porco à Alentejana
BUFFET DE SOBREMESAS
Doces Variados: Pudim | Leite Creme | Arroz Doce | Mousse de Chocolate | 
Maçã assada | Pêra Bêbada
Bolos Sortidos: Bolo de Bolacha | Delícia de Caramelo | Brigadeiro | Cheesecake
Frutas Laminadas: Laranja | Kiwi | Uvas | Abacaxi | Melão | Melancia
BEBIDAS
Sumos | Cola | Água
Cerveja | Vinho Tinto e Branco | Sangria
Café | Chá

Cada o Valor de 17,50€

Mais se informa que as crianças dos 0 aos 3 anos não pagam
e as crianças dos 4 aos 9 anos pagam 7,00 €.

INFOFPAS – Eleições da FPAS 2019-2022

REGULAMENTO_ELEITORAL

ELEIÇÕES-2018_CALENDÁRIO

PROCESSO_ELEITORAL_E DOCUMENTAÇÃO

FPAS - CORPOS SOCIAIS (2019-2022) - LISTA ÚNICA
FPAS - CORPOS SOCIAIS (2019-2022)



INFOFPAS – Convocatória de Assembleia Geral Ordinária da FPAS -10/11/2018

Convocação de Assembleia Geral Ordinária
CONVOCATORIA_ASS_ORDINARIA_001
CONVOCATORIA_ASS_ORDINARIA_002

INFOFPAS – Mensagem sobre Datas Importantes para a Comunidade Surda Nacional e Internacional

INFOFPAS – Filiação da Associação de Surdos de Évora (ASE)

INFOFPAS – Centro de Apoio à Vida Independente (CAVI) – Assistentes Pessoais

CAVI - Assistentes Pessoais (Intérpretes de LGP)

Inscrição para Assistentes Pessoais (Intérpretes de LGP)

CAVI - Assistentes Pessoais
A FPAS foi reconhecida como Centro de Apoio à Vida Independente (CAVI) na região 
de Lisboa e estamos em processo de candidatura a financiamento do projeto-piloto.

Agora estamos a fazer uma 1ª fase para recolha de pré-inscrições 
para os Assistentes Pessoais que querem trabalhar neste CAVI.

De acordo com o artigo 14º do Decreto-Lei n.º 129/2017:

(...)1 - Compete ao CAVI proceder ao recrutamento, seleção e contratação 
dos/as assistentes pessoais de acordo com os critérios estabelecidos 
no presente decreto-lei.
2 - Apenas podem ser candidatas as pessoas que preencham, cumulativamente, 
os requisitos seguintes:
a) Idade igual ou superior a 18 anos;
b) Escolaridade obrigatória.
3 - No processo de seleção dos/as candidatos/as a assistentes pessoais, 
são aplicáveis, designadamente, os seguintes critérios:
a) Ter idoneidade adequada para a realização das atividades abrangidas 
pela assistência pessoal;
b) Possuir equilíbrio emocional e competências comportamentais adequadas 
ao apoio individual e próximo a pessoas dependentes;
c) Ser detentor ou detentora de carta de condução;
d) Possuir robustez física;
e) Possuir competências técnicas na área das tecnologias de informação 
e comunicação na ótica do utilizador;
f) Possuir competências de comunicação em Língua Gestual Portuguesa;
g) Possuir competências técnicas em orientação e mobilidade. (...)

É importante também esclarecer os seguintes pontos:
> O que é a assistência pessoal?
 
É um serviço de apoio a pessoas com deficiência, para que possam realizar 
atividades que não conseguem realizar sozinhas, de acordo com as suas necessidades, 
interesses e preferências. 
A assistência pessoal pode incluir apoio na comunicação/interpretação, 
atividades de apoio à higienee cuidados pessoais, atividades de apoio 
na alimentação, atividades de apoioem deslocações, atividades de apoio 
em formação/trabalho, atividades de apoio em lazer, entre outras.

> Quem é o Assistente Pessoal?
É a pessoa responsável por prestar apoio à pessoa com deficiência através 
da realização das atividades previstas para assistência e consoante 
o Plano Individualizado de Assistência Pessoal (PIAP).

De acordo com o artigo 13º do Decreto-Lei n.º 129/2017, são direitos e deveres 
das/dos assistentes pessoais:
Direitos e deveres

1 - O/a assistente pessoal tem direito, nomeadamente, a:

a) Ser tratado/a com respeito e correção pela pessoa destinatária 
da assistência pessoal ou por qualquer membro do seu agregado familiar;
b) Ver salvaguardada a sua segurança e respeitada a sua integridade física e moral;
c) Ver garantida a confidencialidade dos elementos e informações constantes 
do seu processo individual;
d) Apresentar críticas e sugestões relativas ao funcionamento da assistência pessoal;
e) Conhecer de forma acessível e compreensível o regulamento interno do CAVI;
f) Frequentar a formação definida no artigo 18.º;
g) Conhecer e compreender a informação constante do plano individualizado
 e assistência pessoal com relevância para o desempenho das suas funções;
h) Prestar as atividades para as quais foi contratado/a.

2 - Constituem deveres do/a assistente pessoal, nomeadamente, os seguintes:

a) Ser assíduo/a e pontual e empenhado/a no cumprimento de todos os seus deveres 
no âmbito das atividades em que presta apoio;
b) Respeitar e fazer respeitar a dignidade da pessoa com deficiência 
ou incapacidade destinatária da assistência pessoal;
c) Respeitar as preferências e necessidades da pessoa com deficiência ou 
incapacidade em termos de conforto, segurança e bem-estar, e contribuir 
para a sua efetiva autonomização nos termos e condições que lhe forem indicados;
d) Ser flexível e adaptar-se, dentro dos limites razoáveis, aos imprevistos 
que surjam na vida da pessoa com deficiência ou incapacidade a quem presta apoio;
e) Tratar com respeito e correção a pessoa destinatária da assistência pessoal 
e os membros do seu agregado familiar;
f) Guardar lealdade para com a pessoa destinatária da assistência pessoal 
e todos os membros do seu agregado familiar;
g) Prestar auxílio e assistência à pessoa destinatária da assistência pessoal, 
sempre que necessário;
h) Zelar pela preservação, conservação e asseio da casa de morada da pessoa 
destinatária da assistência pessoal, fazendo uso correto das instalações, 
mobiliário e equipamentos;
i) Não captar sons ou imagens, ainda que involuntariamente, suscetíveis 
de colocar em causa a honra, reputação ou simples decoro da pessoa destinatária 
da assistência pessoal ou do seu agregado familiar;
j) Respeitar a reserva da vida privada e familiar, o domicílio e as comunicações 
da pessoa destinatária da assistência pessoal e do seu agregado familiar.
Inscrição para Assistentes Pessoais

CAVI - Assistentes Pessoais (Experiência)

INFOFPAS – Concurso para Intérprete de Língua Gestual Portuguesa (ILGP)




FPAS - Concurso para Intérprete de LGP (2018)


FPAS – Formulário de Inscrição


FPAS - Concurso para Intérprete de LGP (2018) - Lista Provisória de Candidatos


FPAS - Concurso para Intérprete de LGP (2018) - Lista de Candidatos para Entrevista


FPAS - Concurso para Intérprete de LGP (2018) - Lista Final